Sua fonte OFICIAL sobre a cantora AURORA no Brasil.
Conheça Iris, a nova aposta dos empresários de AURORA! Postado por: Juliano Martins às 18:29

IRIS
hanging around you/crackers

“hanging around you/crackers” é o segundo lançamento da Iris, cantora e compositora norueguesa, após o lançamento de sua faixa de estreia “from inside a car” no mês passado. Produzida por Askjell Solstrand (Sigrid, AURORA), Vetle Junker e a própria Iris, essa é outra faixa que demonstra a capacidade dela (iris) de fazer música de equilíbrio requintado que capta perfeitamente toda a intensidade do início da vida adulta. Ela escreveu e produziu a primeira versão em seu quarto, e foi inspirada por “uma amizade complicada” e pela frustração que sentiu ao se envolver em comportamentos autodestrutivos.

“É sobre a frustração que você sente
ao se envolver em comportamentos autodestrutivos.”

Iris| Photoshoot

     “No começo era apenas essa ideia de fazer algo sem limites, e eu inicialmente pensei que a parte sobre ‘comer bolachas na cam’ era uma ideia estúpida e simples, mas também era engraçada e verdadeira” diz ela. “Essa música foi a primeira das minhas músicas em que eu senti que estava fazendo algo divertido e honesto de uma maneira nova”. Depois de produzir a música inteira sozinha, e trabalhar nela em seu quarto comendo bolachas, ela mostrou a Junker que fez com que soasse ainda melhor acrescentando seu incrível som próprio . Mais tarde, ela contatou Askjell e suas mãos mágicas para ver o que ele poderia fazer com isso, e acabou exatamente do jeito que queria, talvez até melhor.

Ambos os lançamentos até agora são do EP de estreia de Iris, também produzido por Solstrand e com lançamento previsto para o final deste ano. Emoções profundas se desenrolam em um cenário eletrônico aconchegante e minimalista. Histórias de amor e conexão competem com um desejo de total solidão. Tudo isso se acumula em uma
escritora idiossincrática que, com apenas 22 anos, tem um autoconhecimento e uma conscientização que vai muito além de sua idade. Ouça abaixo:

Essa abordagem pensativa e introspectiva da criação é executada em toda a produção da iris e é indicativa de um artista com uma perspectiva verdadeiramente única, cuja profundidade e ponto de vista a posicionam firmemente a posiciona como uma das artistas que temos que acompanhar nos próximos meses.

Conheça o trabalho da cantora:

Facebook | Instagram | Twitter | Spotify | iTunes | Tidal

AURORA estreará como diretora de videoclipes para a banda Evigheten! Postado por: Juliano Martins às 01:39

AURORA tem sua estreia como diretora!

Foto: @piviking | Instagram

Aurora Aksnes, mais conhecida apenas como AURORA, irá dirigir o seu primeiro vídeo musical a convite da banda Evigheten.

Nós achamos que seria incrivelmente legal se AURORA estreasse como diretora em uma de nossas músicas. Foi muito instrutivo trabalhar com ela. E ela foi habilidosa e profissional no papel de diretora“, escreveu a banda em uma mensagem para o jornal Bergen Tidende, o quinto maior jornal da Noruega e o maior jornal do país fora de Oslo.

Vale lembrar que a cantora participou em uma parcela da direção de seu último videoclipe lançado, “Animal”. 

AURORA irá dirigir o vídeo para a música Eksistensen que será lançado nessa primavera (outono no Brasil). A banda Evigheten consiste em, entre outros, Njål Paulsberg e Tonje Indrehus, e a banda recebeu, em muitas ocasiões, elogios em colunas do Bergen Tidende. A música “The Balance” foi mencionada pela Chef freelancer, consultora e escritora Alisa Larsen, como “sutil e completamente viciante”.

Clique AQUI para ler a matéria original em norueguês.

Ah, e vale lembrar que em maio desse ano AURORA irá vir com a turnê do álbum “Infections Of A Different Kind” para o Brasil! Ela vai passar por Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre! E você comprar os ingressos clicando AQUI! Não vai querer ficar de fora, né?

Não deixe de seguir o Portal AURORA Brasil nas redes sociais: Twitter,Instagram e Facebook!

AURORA lança videoclipe de “Animal”! Assista agora em primeira mão Postado por: Juliano Martins às 22:43

Na noite deste quinta feira, 24/01/2019, AURORA lançou o videoclipe de “Animal”, faixa que poderá estar presente e ser o primeiro single do “Infections Of A Different Kind – Steap 2”.

Imagem

Como nunca vista antes, AURORA aparece literalmente selvagem como um animal enjaulado nas primeiras cenas do vídeo. Ao decorrer dos segundos, ela se liberta da prisão e conhece um mundo de esbanjamentos (um tanto quanto…eróticos?). Se você não está acreditando, seu espírito no clipe é tão temido que ao beijar um homem, ele morre. E a gente pode provar: 

Dá até medo!

Conforme foi explorando a o espaço, AURORA conhece um lugar fantasioso em que as pessoas são livres para explorarem como são a si, e aos outros (se é que entendem). E é aí que a coisa pega fogo! Mas não tem como descrever as cenas em que todos se pegam e se beijam.
É muita areia pro nosso caminhão, então, lá vai! Dica: assista sentadx!

Diz pra gente: o que você achou? Porque a internet já tá a mil por hora:

Vai um omelete aí?

Sedentos!

Dá vontade, né?!

Mas todo o clipe tem um significado bem lega, e ela explicou pra gente hoje de tarde:

LETRA:
Animal

You are the victim
The victim of my love
I dangle up on rooftops
Before I push you off

I stand in the headlights
Looking for a corner
Where I could be found
With a goddess in my right eye
Watching every lover on the battleground

You’re hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle
If I am in love
You make me a stranger
Lost in a concrete jungle

I’m an animal, animal
Hunting for an animal, animal
Hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle

Isolation makes me hungry
Will you stay here till I sleep?
You return home in the morning
But you never really leave

I keep the memories alive
The weight upon my shoulders felt so divine
With a goddess in my right eye
Watching every step I take before I die

You’re hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle
If I am in love
You make me a stranger
Lost in a concrete jungle

I’m an animal, animal
Hunting for an animal, animal
Hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle

Let me become an animal
Let me become an animal
Cause when you are an animal
You’ll lose control

You’re hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle
If I am in love
You make me a stranger
Lost in a concrete jungle

Animal, animal
Hunting for an animal, animal
I become an animal, animal
Hunting for an animal, animal

Hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle
Hunting for love
Killing for pleasure
Lost in a concrete jungle

Animal, animal
Hunting for an animal, animal
Let me become an animal, animal
Hunting for an animal, animal (ho ho!)

TRADUÇÃO:

 

Você é a vítima
A vítima do meu amor
Eu suspenso nos telhados
Antes de te empurrar

Eu estou nos faróis
Procurando por um canto
Onde eu poderia ser encontrado
Com uma deusa no meu olho direito
Assistindo cada amante no campo de batalha

Você está caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto
Se eu estou apaixonado
Você me faz um estranho
Perdido em uma selva de concreto

Eu sou um animal, animal
Caça para um animal, animal
Caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto

Isolamento me deixa com fome
Você vai ficar aqui até eu dormir?
Você volta para casa de manhã
Mas você nunca sai

Eu mantenho as memórias vivas
O peso sobre meus ombros era tão divino
Com uma deusa no meu olho direito
Observando cada passo que dou antes de morrer

Você está caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto
Se eu estou apaixonado
Você me faz um estranho
Perdido em uma selva de concreto

Eu sou um animal, animal
Caça para um animal, animal
Caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto

Deixe-me me tornar um animal
Deixe-me me tornar um animal
Porque quando você é um animal
Você vai perder o controle

Você está caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto
Se eu estou apaixonado
Você me faz um estranho
Perdido em uma selva de concreto

Animal, animal
Caça para um animal, animal
Eu me torno um animal, animal
Caça para um animal, animal

Caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto
Caçando por amor
Matando por prazer
Perdido em uma selva de concreto

Animal, animal
Caça para um animal, animal
Deixe-me me tornar um animal, animal
Caçando um animal, animal (ho ho!)

Diz pra gente: O que você achou? Nós adoramos essa nova versão da norueguesa! A faixa também está disponível no Spotify na versão estúdio.
Ah, e vale lembrar que em maio desse ano a turnê dela vai passar por Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre! E você comprar os ingressos clicando AQUI! Você não vai querer ficar de fora, né?

Não deixe de seguir o Portal AURORA Brasil nas redes sociais: Twitter,Instagram e Facebook!

“A música pode salvar o mundo”, diz AURORA à Parvati Magazine Postado por: Juliano Martins às 15:14

Em recente entrevista publicada na Parvati Magazine, revista que apresenta novos líderes globais em artes, bem-estar, negócios e ecologia, AURORA falou sobre suas inspirações musicais, a produção do novo disco, e a importância da Noruega para sua música. Confira:

“AURORA Aksnes diz que a música pode salvar o mundo

Imagem relacionada

Foto: Zimbio. AURORA no palco durante o Coachella Music And Arts Festival no Empire Polo Field em 22 de abril de 2018 em Indio, Califórnia.

AURORA, nascida Aurora Aksnes, é uma personagem tão etéreo com um olhar eterno, que você poderia acreditar que ela emergiu em nosso mundo a partir de um conto de fadas, não da cidade costeira norueguesa de Bergen. Apaixonada, gentil, segura de si e com uma voz ritmicamente sonhadora e ressonantemente poderosa, ela defende o amor e a interconexão com seu novo álbum, “Infections of A Different Kind – Step I”. No diálogo especial deste mês, AURORA compartilha suas inspirações.

Parvati Magazine: Seu amor pela natureza é lindamente inserido no som e nas letras de seu novo álbum. Crescendo na Noruega, você sempre manteve essa consciência e apreço por seu entorno? Como as suas viagens e a turnê por tantas paisagens influenciaram sua visão de mundo e sua música?

AURORA: Eu amo o espaço e o silêncio que a Noruega me oferece. Eu não poderia viver sem isso. Quando criança, esse era o meu lugar mais solene. E ainda é. Minha música é uma maneira de eu traduzir toda a magia, as viagens emocionais e a auto-reflexão que alguém pode obter enquanto está na natureza em algo que você pode levar consigo para o mundo agitado.

Parvati: “Infections of A Different Kind – Step I” é escrito, executado e amplamente produzido por ninguém menos que você! Você assumiu esse esforço para manter seu som único intacto e permitir que sua personalidade plena brilhasse?

AURORA: Sim, absolutamente. Eu tive mais tempo agora para me descobrir mais como uma produtora. E tem sido uma viagem tão maravilhosa. Eu tive muitas pessoas boas que conheci no meu caminho. Algumas delas apenas coisas boas e algumas delas através de argumentos. Às vezes é mais fácil fazer as coisas sozinho. Felizmente, ao longo da minha jornada, encontrei boas pessoas para trabalhar. E estou muito feliz por isso.

Parvati:Queendom” é um hino poderoso que parece falar de desigualdade, seja de gênero ou orientação sexual. Essa música foi inspirada em lutas pessoais ou experiências passadas?

AURORA: Foi inspirada pelos meus fãs. Suas histórias e lutas. Movimentos políticos. Coisas acontecendo no Brasil, EUA, França… Eu só queria criar um lar para todos nós. Onde nós ignoramos todo mundo tentando matar o que é tão bonito e bom. Mas foca nas poucas pessoas que estão lutando pelo que acreditam.

Parvati: O coral extraordinário, instrumental e lirismo deste álbum é melodicamente etéreo, mas uma resposta feroz aos tempos difíceis. Por que essa música empoderadora é essencial hoje em dia?

AURORA: Eu realmente acho que a música pode salvar o mundo. É algo que todos podemos entender. Algo que todos nós sentimos. É como um instinto. A música fala com todos nós e é importante que as palavras digam algo. Porque estou convencida de que, em essência, a música é realmente uma ferramenta para ajudar. E eu realmente quero fazer parte disso.

Parvati: Quanto desse álbum foi impulsionado por conflitos políticos recentes? Estou pensando em músicas como “Churchyard” e “It Happened Quiet“. Era sua esperança ter esse álbum como uma voz para os outros?

AURORA: Estou realmente gostando do conceito de ser uma “voz para os sem voz” porque isso é uma coisa tão importante a fazer. E também espero enviar ideias para pessoas que possam se encontrar em relacionamentos abusivos sem nem mesmo saber. Muitas pessoas lá fora optam por não deixar as situações em que são maltratadas. Acontece em casa, no trabalho, na escola na política e na indústria da música.

Parvati: Seu ethos* compassivo irradia através de suas letras – expressando pensamentos sobre o amor próprio e a importância de as pessoas se ajudarem mutuamente. Seja no conforto de suas próprias casas ou na pista de dança com o remix vibrante de “Forgotten Love” de Claptone – para quem você espera dar força e encorajamento a este álbum?

AURORA: Para todos, claro. Todo mundo que precisa disso. Quem quer que você seja. Apenas como um lembrete de que você não está sozinho. Que você pode mudar o que não gosta e aceitar o que não pode mudar.

A vida é uma coisa estranha.”

*conjunto dos costumes e hábitos fundamentais, no âmbito do comportamento (instituições, afazeres etc.) e da cultura (valores, ideias ou crenças), característicos de uma determinada coletividade, época ou região.

A matéria original pode ser lida clicando AQUI.

Não deixe de seguir o Portal AURORA Brasil nas redes sociais! Fique sabendo sobre as novidades da vinda da AURORA ao Brasil e 2019 em primeira mão: Twitter, Instagram e Facebook!

AURORA é citada em questão da FUVEST 2019 Postado por: Juliano Martins às 22:12

A segunda fase da prova da FUVEST tinha uma questão baseada em uma fala da AURORA.

A FUVEST (Fundação Universitária para o Vestibular), um dos vestibulares mais importantes do Brasil, realiza todos os anos provas para alunos alunos que visam estudar na Universidade de São Paulo (USP) ou na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSC-SP). Todos os anos são mais de 100 mil estudantes disputando pouco mais de 10 mil vagas, por isso a FUVEST é conhecida como um dos vestibulares com maiores índices de concorrência do país (fonte).

Hoje, no segundo dia de aplicações de prova, um dos textos usados para uma das questões da prova continha uma fala de AURORA em uma matéria publicada no Portal AURORA Brasil em 2016: 

“Bem, minha vida mudou muito nos últimos dois anos. O mundo que explorei mudou muito. Eu vi muitas paisagens diferentes durante as turnês, e é realmente inspirador ver o quão grande é o mundo. Eu quero explorar e experimentar diferentes partes da natureza, mas eu não gosto do deserto, sinto muito pelas plantas! Ou talvez eu goste disso… te deixa com sede de olhar para ele…”
Os alunos deveriam interpretar o uso da palavra “Bem”, comparada a falas de outros autores. E, claro, os fãs foram à loucura nas redes sociais:

Só faltou ficar cantarolando durante a prova, hein? <3

Opa, teve sim!

Vale lembrar que a cantora esteve no Brasil no final de 2018 para um pocket show privado em São Paulo, e compromissos no Rio de Janeiro, aproveitando para gravar um acústico da música “Forgotten Love” nos estúdios O Globo. Na entrevista publicada por Nicollas Witzel, no mesmo jornal, AURORA falou sobre suas novas músicas, os fãs, e sua língua imaginária. Leia na íntegra a matéria completa publicada no dia 17/12/2018.

Ainda no Rio de Janeiro, AURORA se apresentou no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, onde divulgou as novas datas de shows para o Brasil nesse ano! A norueguesa passará por Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo Curitiba e Porto Alegre em maio desse ano. Você pode encontrar mais informações clicando AQUI.

Deixe nos comentários como você esta reagindo a essa notícia! Não deixe de seguir o Portal AURORA Brasil nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook 

Portal Aurora Brasil