Sua fonte OFICIAL sobre a cantora AURORA no Brasil.
AURORA ao jornal O Globo: Tento cantar com meu corpo todo, mãos, dedos e expressões faciais Postado por: Juliano Martins às 18:27

Em entrevista publicada por Nicollas Witzel no jornal O Globo, AURORA fala sobre suas novas músicas, os fãs, e sua língua imaginária. Leia na íntegra a matéria completa publicada hoje (17/12):

Resultado de imagem para aurora forgotten love o globo

Foto: André Miranda / Agência O Globo

“RIO – O sucesso da cantora norueguesa AURORA Aksnes surpreendeu a crítica desde seu primeiro álbum, quando tinha só 19 anos. A voz firme e uma presença dançante fizeram o nome de Aurora deixar de ser um produto norueguês para se tornar fenômeno mundial. O público brasileiro foi um dos que mais abraçaram a proposta da artista: letras cheias de melancolia misturadas com a pujança da batida eletrônica. Hoje, a cidade de São Paulo é o terceiro lugar em que ela é mais ouvida no Spotify, perdendo somente para Oslo e Londres. Em 2017, AURORA foi convidada para gravar a música de abertura da novela “Deus salve o rei”, da TV Globo. Voltaria para sua apresentação no Lollapalooza 2018, e já tem retorno marcado em 2019, quando vai se apresentar em cinco estados durante a turnê de seu segundo álbum, “Infections of a different kind (Step I)”.

AURORA preencheu o estúdio do GLOBO com seu 1,60 metro de altura, ao gravar uma versão exclusiva de “Forgotten love”.

Além da dança, ela aposta em outras formas autorais de expressão, como uma linguagem imaginária que, aos poucos, vem sendo incluída nos álbuns. Os primeiros versos compostos nesse idioma estão no segundo refrão de “Forgotten love”.

Tento cantar com meu corpo todo, mãos, dedos e expressões faciais. Posso contar histórias com eles. Diz ela.

Foto: Agência O Globo

Língua própria

Os fãs imaginaram que os versos da música fossem em norueguês: “Hun går ferilisseræna féressu / Hun går férilisserana irsser”…

Comecei a construir a minha própria língua quando ainda era pequena. Era o que eu usava para falar com meus amigos imaginários. Acabei guardando isso comigo e, agora, quero incluir mais na minha música. As palavras têm um sentido, têm até um alfabeto. Vocês vão entender isso melhor no futuro. Por enquanto, é segredo.

AURORA apresentando a canção ‘Forgotten Love’ nos estúdios da Rede Globo.

AURORA veio ao Brasil semana passada para participar da Comic Con Experience 2018, onde fez parte do painel da Disney. Ela esteve na produção de “Dumbo”, live-action com direção de Tim Burton e estreia mundial prevista para março. Os fãs tiveram a chance de ouvi-la cantar a faixa “Baby mine”, da trilha original da animação original (1941), conhecida na voz de Betty Notes.

Na minha primeira tour pelo Brasil, em 2017, percebi como as pessoas se envolvem com a música. Cheguei muito cansada em Curitiba, pousamos tarde da noite. Estava pronta para dormir quando ouvi um barulho, abri a janela e havia pessoas cantando minhas músicas lá embaixo, o álbum inteiro, em coro. Foi muito especial — contou a cantora em uma entrevista à televisão norueguesa.

O sucesso com a novela impulsionou o nome de AURORA no Brasil, ao lado de seu show no Lollapalooza 2018. Ela atribui a boa recepção dos brasileiros à tentativa de encontrar conforto nos sentimentos negativos, transformando sensações ruins em dança, luz e ritmo:

Nós expressamos emoções de jeitos diferentes, mas no fundo sentimos o mesmo. Eu gosto de escrever coisas que alguém, em algum lugar, vai se sentir melhor ouvindo. As pessoas ficam muito solitárias, mesmo quando não estão sozinhas. Eu me sinto atraída por esses sentimentos que não deveríamos ter, é de onde vem a minha inspiração.


Influências

Influenciada pela suavidade de Leonard Cohen, pelo folk de Bob Dylan e pelo new age da irlandesa Enya a jovem Auroa constrói seu espaço. Nascida em 1996, na cidade de Stavanger, conheceu o piano aos 6 anos e começou a compor aos 9.

Eu pensava muito quando era criança, foi bom ter um lugar para descarregar isso. Não queria que ninguém ouvisse, era só para mim. Não acho que meus pais sabiam que eu cantava até os meus 15 anos— contou ao GLOBO. — Levou tempo até que eu mostrasse a alguém. Não queria ser artista. Minha mãe insistiu, achava que eu precisava dividir isso com as pessoas.

Foto: Agência O Globo

Pegando carona na vibe eletrônica, hoje popular nos países nórdicos, AURORA lançou seu primeiro single em 2012, seguido por outros trabalhos, até o lançamento de seu EP de estreia, “Running with the wolves” de 2015. No ano seguinte veio “All my demons greeting me as a friend”, seu primeiro álbum de estúdio, aos 19 anos. No segundo semestre de 2018, “Infections of a different kind” a consolidou como um fenômeno dentro e fora da Noruega.

Misturando a textura eletrônica com um toque grave e seus vocais agudos e emotivos, Aurora trabalha em uma cena pop atormentada, semelhante à de artistas como Lykke Li e Lorde. Ela também foi ouvida em covers como “Half the world away”, do Oasis, e “Life on Mars?”, de David Bowie, presente na trilha sonora da série “Girls” (HBO).

Não deixe de seguir o Portal AURORA Brasil nas redes sociais para saber tudo o que rolou na breve passagem da cantora pelo Brasil! E vale lembrar que AURORA já marcou 5 shows no Brasil em 2019! Siga-nos no Facebook | Twitter Instagram

NÓS ENTREVISTAMOS A AURORA! Postado por: Carlos Alexandre Souza Eduardo às 17:28

O Portal AURORA Brasil foi até o BergenFest, na Noruega, para entrevistar a AURORA. Onde falamos sobre a vinda da cantora ao Brasil em Outubro, novo álbum, e muito mais! Confira agora com exclusividade:

Correspondente internacional (Entrevistadora): Bianca Betinelli – Equipe PABR
Apoio: Julia Oliveira e Luana Soares.
Edição de vídeo: Carlos Alexandre – Equipe PABR
Tradução: Marina Vinhas – Equipe PABR
Legenda: Willian Silva – Equipe PABR

AURORA ESTÁ VINDO PRO BRASIL Postado por: Carlos Alexandre Souza Eduardo às 21:54

Finalmente a notícia que tanto esperávamos chegou! AURORA realizou uma live na nossa página do Facebook e aproveitou o momento para dar a grande notícia:

AURORA se apresentará dia 20 de Outubro em São Paulo e 22 de Outubro no Rio de Janeiro. E a pré-venda dos ingressos começa exclusivamente 1 dia antes para quem acompanha o PABR, para adquirir seu ingresso, clique AQUI.

O que acontece quando AURORA encontra um fã brasileiro? Confira! Postado por: Carlos Alexandre Souza Eduardo às 19:43

Na sua última passagem por Birmingham, o YouTuber brasileiro Rodrigo Yago encontrou com AURORA após seu concerto e a AURORA fala sobre a bandeira do Brasil que nós do PABR demos a ela em Maio deste ano. Assistam:

LEIA: NÓS ENCONTRAMOS A AURORA NA ALEMANHA!

Já no show da AURORA ontem (03/11) em Nova York, foi muito especial não apenas para AURORA, e sim para o Jhon Araújo, blogger brasileiro já conhecido por não medir desafios para ver seus ídolos de perto, mas dessa vez ele conseguiu ir tão perto, que pôde até dar um beijo no rosto da AURORA.

Inacreditável, não é mesmo? Mas não imaginava Jhon que o melhor ainda estava por vir, quando AURORA aceitou a proposta dele de gravar um vídeo para os fãs do Brasil. Confira tudo narrado pelo próprio Jhon:

TRADUÇÃO: Indie.vidualist entrevista AURORA Postado por: Carlos Alexandre Souza Eduardo às 16:36

O site sobre música Indie, Indie.vidualist, publicou no último dia 07/05 a entrevista que realizaram com AURORA. Confira a entrevista com exclusividade em português:

Mesmo uma semana depois do show da AURORA nós continuamos completamente sem palavras. Nós nos encontramos com a maravilhosa Aurora Aksnes para uma pequena entrevista em Munique. Nós conversamos sobre o seu álbum, Harry Potter (claro) e como ela se sente por ser uma mulher na indústria da música.

 

Você lançou o seu lindíssimo álbum de debute alguns meses atrás – tem alguma musica que você se sinta mais orgulhosa de ter escrito?

 Oh muito obrigada! Hm, essa é uma pergunta difícil. Geralmente eu tenho muita dificuldade em aceitar que uma musica está pronta, então toda vez que eu escuto as minhas musicas – o que eu não faço muito, acho um pouco estranho – eu sempre penso no que eu poderia ter feito melhor, ou o que poderia ter sido, porque eu tenho muitas ideias. Mas eu acho que isso seja uma coisa boa também, sentar e pensar nesse tipo de coisa… E se lembrar de se sentir orgulhosa das coisas que você fez.

Eu gosto de “Through The Eyes Of A Child”, eu a escrevi quando o álbum já estava quase pronto, então ela é bem nova quando comparada com outras musicas como “Lucky” que eu escrevi quando tinha 9 anos.

É uma das únicas músicas novas do álbum. É muito semelhante à pessoa que eu sou hoje. É uma musica muito importante pra mim.

 

Se um álbum pudesse se tornar uma pessoa, de qual álbum você gostaria de ser melhor amiga?

Talvez “Post” da Björk. Eu acho que a gente se conecta. Acho que a pessoa teria uma ótima imaginação, um bom humor, sabe.

 

Se você pudesse viver dentro de um filme, qual filme você escolheria?

Ohhhh… Só um?

 

Ta bom, você pode escolher 3.

Eu adoraria viver em Star Wars – Uma Nova Esperança. É um dos meus filmes preferidos.

Eu também amo O Senhor dos Anéis, mas acho que seria meio triste viver lá, eles estavam em uma situação ruim antes do Frodo conseguir destruir o anel, sabe… Então acho que seria um lugar ruim para se estar.

E então nós temos Harry Potter! Eu AMARIA ir para Hogwarts! Eu ainda estou esperando a minha carta chegar… Eu estou sentada aqui… Esperando por ela… Mas ela não chega…

Mas sim, Harry Potter é definitivamente o número um para se viver.

 

Então essa é a pergunta certa para você: Se você criasse uma horcrux, o que seria?

Acho que definitivamente seria algo que eu pudesse carregar comigo. Porque eu não acho que eu me sentiria confortável em deixar um pedaço da minha alma em uma jaula ou qualquer coisa assim. Ou talvez no meio de uma floresta na Noruega, talvez em uma árvore. Eu tenho uma arvore favorita.  Eu moro perto de uma montanha, se você passar por ela e depois descer, não é muito perto – e no topo da segunda montanha atrás da minha casa – o que é uma caminhada de 2 horas – tem uma linda árvore. É muito velha e linda, ela fica no topo da montanha então ela pode ver todo mundo. Acho que seria um ótimo lugar para guardar um pedaço da minha alma. Eu não posso carregar uma arvore comigo… mas pelo menos eu teria uma parte de mim no meu país.

 

Tem alguma pergunta que você sempre quis responder em uma entrevista, mas ninguém nunca te perguntou?

Na verdade eu adorei a sua pergunta da horcrux… ninguém nunca tinha me perguntado isso. Eu geralmente me sinto bem satisfeita, mas você nunca me perguntou como é ser uma menina na indústria da musica. E eu acho que é um assunto muito importante. Digo, claro que nós temos muito mais poder do que nós tínhamos anos atrás, mas ainda tem alguns países que tem opiniões horríveis sobre as mulheres. Eu produzo a maioria das minhas musicas, mas ninguém sabe – porque as pessoas acham que tem algum cara fazendo isso pra mim.

Nos meus shows eu gosto de decidir como a bateria vai soar, ou quanto reverb eu tenho nos meus vocais… Todas essas coisas… Mas eles sempre perguntam para o homem da minha banda. É meio triste e muito estranho.

Aurora, by Sandra Wilbury. © indie.vidualist

Nós perguntamos para alguns fãs o que eles querem saber, então aqui vai algumas perguntas dos fãs…

Qual a sua estação do ano preferida?

Inverno! Porque eu amo neve, você pode acender algumas velas e eu amo natal! Eu não fico muito em casa, mas eu sempre estou em casa no natal então eu estou sempre aproveitando.

Eu amo o inverno, as arvores ficam lindas.

 

Você já sonhou com as letras de uma musica, ou a melodia, e depois escreveu e transformou isso e uma musica de verdade?

Sim. “Black Water Lilies” foi um sonho que eu tive. A melodia estava tocando no fundo do sonho. Eu estava sonhando que eu segurava uma mão que me levava para debaixo d’água. E tinha um rio, debaixo d’água, e eu chegava nesse lugar magico que era cheio de ‘black water lilies’ (um tipo de flor) – flutuando na água – que estava embaixo da água. Foi um sonho bem estranho. Quando eu acordei eu corri direto para o piano e escrevi a musica. Essa foi uma experiência bem estranha, mas só aconteceu algumas vezes.

 

Se você fosse um animal, qual você seria?

Eu amo sapos. Eles são um dos meus animais preferidos. Eu amaria ser um sapo que vive em uma floresta tropical. Eles podem pular tão alto! E mesmo eles sendo tão pequenos eles possuem veneno para se protegerem. Eu amo sapos.

Mas eu também gosto muito de corvos. Eu tenho sonhado de ser capaz de voar desde que eu estava na barriga da minha mãe. Então seria um desses.

 

Que planos você tem para um futuro próximo?

Bem, eu estive em turnê desde janeiro, então em maio eu vou ficar em casa por 3 semanas e vou poder dormir na minha própria cama… E eu estarei em estúdio! Gravando todas as musicas que eu tenho escrito.

 

Você esta escrevendo na estrada?

Sim, estou. Eu meio que tenho que escrever. Mas eu não tenho um piano comigo, então eu só posso imaginar as melodias.  Quando eu chego em casa eu sempre tenho que testar para ver se elas funcionam, sabe? Se elas realmente soam boas na vida real. Eu vou tentar fazer o segundo álbum, porque eu quero lançar músicas novas o mais rápido possível. Eu adoraria lançar um segundo álbum no começo do ano que vem. Eu tenho um pouco mais de liberdade com o segundo disco, eu posso decidir como ele vai soar e eu estou muito animada com isso.

E eu vou tocar em alguns festivais na Alemanha e nos Estados Unidos.

 

Ah sim, você vai tocar no festival Puls Open Air, né?

Sim! Eu ouvi que vai ser em um castelo. Tô muito empolgada.

Sim eu vou viajar por ai e tocar umas músicas, vou estar no estúdio e vou gravar um clipe para o próximo single, acho. Mas eu não tenho certeza ainda o que vai ser…

Tradução por: Maurício Pereira (Equipe PABR)

Matéria no site oficial da Indie.vidualist.

AURORA em Salvador? Isso é MUITO possível Postado por: Carlos Alexandre Souza Eduardo às 22:43

Geir Luedy, empresário da AURORA, tem feito a felicidade dos fãs brasileiros no Twitter. Confira o que aconteceu:


@hudsani: @auroramusic, quando você vier ao Brasil, venha para “Recife”, “Salvador” ou “Fortaleza”, não são cidades muito conhecidas, mas há muitos fãs por lá.

@geirluedy: Salvador meu amor

A mãe de Geir é Brasileira e baiana, o Brasil sempre esteve presente na vida de Geir.


@hudsani: @geirluedy Traz AURORA pra “Salvador” por favor!!!!! Isso é um sonho, tem muitos fãs que querem ir


@hudsani: @geirluedy Você pode me dizer se tem chances disso acontecer?

@geirluedy: Uma chance muito boa


@hudsani: OBRIGADA! Estou super feliz e animada que não estou ACREDITANDO

@geirluedy: Esse é meu sonho também, você sabe…

Que AURORA vem ao Brasil no próximo ano é fato, mas esses são os primeiros rumores de locais de show.

Para saber mais sobre a vinda de AURORA ao brasil, clique aqui.

1 2
Portal Aurora Brasil